São Paulo tem mil km de rodovias com wi-fi

Uma boa notícia para os viajantes nas estradas paulistas. Nesta quarta-feira (25) a malha rodoviária concedida do Estado de São Paulo ganhou mais 299 quilômetros com cobertura wi-fi para atendimento aos motoristas. Agora são 934 quilômetros de rodovias servidas pela tecnologia. As informações são da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo).

A entrada em operação da nova rede sem fio ocorre no trecho operado pela concessionária Entrevias entre Bebedouro e Igarapava, na divisa com Minas. Em menos de 45 dias, a cobertura wi-fi de rodovias no Estado passou de 79 quilômetros para 934 quilômetros. Dessa forma, o aumento de 1.082% de cobertura vai agilizar o atendimento e melhorar o suporte aos usuários.

Anhanguera

Nesta nova etapa, o serviço estará disponível aos motoristas que trafegam pela SP-330 (Rodovia Anhanguera) SP-322 (Anel Viário Sul e Attílio Balbo, Armando de Salles Oliveira e Prefeito Antônio Duarte Nogueira), SP-328 (Rodovia Alexandre Balbo, Anel Viário Norte), SP- 351 (Rodovia Laureanous Brogna), além das rodovias de acesso das vicinais SPAs 325 (Avenida Bandeirantes), SPA 321, SPA 336, SPA 343, SPA 375, 470, 468, 410, 355, 327 e 135.

Nesses trechos será possível ter acesso aos serviços da Concessionária (pane mecânica, guincho, socorro médico, avisar sobre acidente e animal na pista), por meio de chamada de voz, de vídeo ou conversar via chat com atendentes do Centro de Controle Operacional (CCO).

Sistema wi-fi na Rodovia Tamoios, a primeira a receber tecnologia

Com investimento de R$ 20 milhões viabilizado pelo Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado a ferramenta permite que o usuário estabeleça contato com o CCO de maneira segura e rápida. A Entrevias é a primeira concessionária do país a oferecer wi-fi em um trecho rodoviário longo, de 570 quilômetros.

Os aplicativos das concessionárias são compatíveis com os sistemas Android e iOS e estão disponíveis, gratuitamente, na Google Play e na App Store. No entanto, é importante lembrar que, para utilizar o wi-fi ou o app, o motorista deverá estacionar em local seguro e jamais dedicar sua atenção ao celular enquanto dirige.

Histórico

A primeira rodovia do Programa de Concessões paulista a ser equipada com a inovação tecnológica foi a Tamoios (SP-099), que liga o Litoral Norte à região do Vale do Paraíba, em 5 de fevereiro de 2018. São cerca de 70 quilômetros da malha sob operação da Concessionária Tamoios dotadas de wi-fi. No mesmo mês, no dia 28, foi concluída a obra de prolongamento da Rodovia Carvalho Pinto, em Taubaté, também no Vale do Paraíba. São quase nove quilômetros cobertos por wi-fi.

Em 14 de agosto de 2019, a Entrevias implantou a tecnologia em 271 quilômetros de sua malha na região de Marília, com investimento de R$ 18,3 milhões. A adoção desse novo modelo de comunicação com o usuário é uma das obrigações contratuais da concessão.

Na malha da ViaPaulista, os estudos para implantar a rede wi-fi começaram em 2017, quando a concessionária assumiu a operação do Lote Rodovias dos Calçados, com um total de 720 quilômetros entre os municípios de Itaporanga e Franca. O serviço já foi implantado em 285 quilômetros das rodovias SP-255, SP-249, SP-281 e SP-304, com um investimento de R$ 25 milhões.

Outras regiões

No ano que vem a ViaPaulista irá finalizar a instalação do serviço na malha sob sua responsabilidade na região de Franca, Ribeirão Preto e outros trechos da região Central, somando mais 435 quilômetros, em novos segmentos da SP-255 e também das rodovias SP-257, SP-318, SP-328, SP-330, SP-334 e SP-345.

Além disso, a implantação do wi-fi também está prevista no edital de concessão do Lote Piracicaba-Panorama, que foi publicado no último mês de julho. São 1.273 quilômetros de vias, atravessando 62 municípios, cortados pelas rodovias SP-304, SP-308, SP-191, SP-197, SP-310, SP-225, SP-261, SP-293, SP-331, SP-294, SP-284 e SP-425. O leilão desse novo lote está previsto para novembro, com previsão de assinatura do contrato no início de 2020.

Inovação tecnológica

A obrigação da implantação de wi-fi nas rodovias dos novos contratos de concessão faz parte de uma das premissas do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, que está sendo intensificada a cada ano: a adoção de novas tecnologias. O objetivo é oferecer serviços cada vez melhores, além rodovias mais seguras e que garantam ao usuário uma viagem mais confortável. Com isso, São Paulo permanecerá como referência no segmento de concessões rodoviárias.

Segundo a Pesquisa CNT 2018, que avalia a malha rodoviária nacional, das 20 melhores rodovias do Brasil, 18 estão em São Paulo e integram o Programa, que é fiscalizado e gerenciado pela Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo).